Dicas úteis

Como Calcular Honorários

Em regra geral, o honorário do Corretor de Imóveis sempre está estipulado na Tabela de Honorários, divulgada pelos órgãos competentes da região, e disponibilizada abaixo.

Vamos observar as situações mais comuns:

VENDA: observar, rigorosamente, o percentual fixado na mencionada Tabela de Honorários. Nas vendas financiadas o Corretor de Imóveis tem direito de receber o seu honorário calculado sobre o valor total do negócio.

PERMUTA: obedece aos mesmos critérios fixados para a venda, sendo que o Corretor de Imóveis tem direito de receber honorário pelos dois imóveis que participaram da negociação, isso para o caso de permuta total (um pelo outro). Quando o imóvel entra como parte de pagamento, ele representa a moeda do comprador. Portanto, pelo menos em regra, o honorário só tem como base o imóvel objeto da venda principal.

LOCAÇÃO: para encontrar um locatário (inquilino), o Corretor de Imóveis pode cobrar, sempre do locador (proprietário do imóvel), o valor correspondente a um aluguel, sem prejuízo dos valores correspondentes à administração imobiliária.

ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS: o Corretor de Imóveis pode cobrar, do locador, um percentual de até 12% (doze por cento) dos valores recebidos mensalmente, salvo na hipótese de aluguel garantido, por toda a locação, quando este valor pode ser maior.

AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS: antes de apresentarmos os valores a serem cobrados, é importante entendermos que existem duas situações neste caso. Primeiro, quando alguém solicita do Corretor a simples avaliação do seu imóvel, sem o compromisso de deixá-lo para venda. Neste caso o Corretor deve cobrar por esse serviço. Porém, quando a avaliação faz parte de todo o processo da venda, ela não deve ser cobrada, pois o honorário final já a garante. Na primeira situação o Corretor deve observar o que estabelece a Tabela de Honorários da sua região, que, normalmente, apresenta um percentual que varia entre 0,2% e 0,6% do valor avaliado, conforme as localidades.

Texto retirado do livro "Situações Jurídicas da profissão de Corretor de Imóveis", de Alexandre Raposo.
páginas 50 à 52 - Editora Imobiliária

 

Nome Correto

Para darmos início à remuneração do Corretor de Imóveis, vamos esclarecer um erro muito freqüente.


Como profissional liberal que é o Corretor de Imóveis não cobra comissões, mas, sim, honorários.


Parece uma situação sem importância, mas, se analisarmos com cuidado o assunto, perceberemos que comissão é o que cobra qualquer vendedor. Honorário é o que cobram os Profissionais Liberais.


Portanto, procure, a partir de agora, só mencionar o seu recebimento como honorário, que é uma forma de valorizar a real condição da profissão de Corretor de Imóveis.

 

Texto retirado do livro "Situações Jurídicas da profissão de Corretor de Imóveis", de Alexandre Raposo.

Newsletter