Notícias

26/09/2017 Administração de imóveis é opção para superar desaquecimento

Diversos fatores econômicos contribuíram para queda do mercado de compra e vendas de imóveis.

Dificuldade em ter o financiamento aprovado, aumento de juros, aumento do desemprego... Há dois anos esses assuntos viraram rotina em notícias, dentro das empresas e em conversas entre amigos. Quem até hoje não se ajustou ao cenário econômico está sofrendo muito com a queda no rendimento financeiro e até falência. Nessa situação, não dá para perder tempo reclamando, é preciso se adaptar e trabalhar ainda mais. Com esse pensamento, muitos corretores de imóveis enxergaram na administração de imóveis uma oportunidade para garantir uma renda fixa mensal.

A maioria das cidades brasileiras registrou uma redução média de 6% nos valores dos aluguéis. O preço mais baixo do aluguel aliado à insegurança financeira, à instabilidade do emprego e à dificuldade em comprar um imóvel, favoreceu a procura por imóveis para alugar. Muitos corretores de imóveis, antes focados em compra e venda, ampliaram o mercado de atuação e estão vencendo a crise.

Como tudo tem os prós e contras: com o aquecimento do mercado de administração imobiliária veio também o aumento da concorrência, porém muitos desses concorrentes não têm a qualificação necessária para prestar o serviço com qualidade. Desta forma, quem enxerga a oportunidade e se prepara para ela, supera melhor os desafios.

 

Por: Maíra Mendes I Jornalista do Sindimóveis/MG

Newsletter