Notícias

24/08/2015 Base qualificada para formação de bons profissionais

Segundo dados do Sistema Cofeci-Creci, entidade federativa responsável pela fiscalização profissional da Corretagem de Imóveis, o perfil da categoria atingiu um alto nível de profissionalização. Ainda é grande o número de pessoas que atuam ilegalmente, sem o registro profissional, porém o cenário está melhor a cada ano. Além das autuações com as fiscalizações, o próprio mercado exclui as pessoas não capacitadas.

 

Hoje, a corretagem atrai profissionais de diversas áreas, que enxergam no mercado imobiliário melhores oportunidades de ganho, isso tem tornado o setor ainda mais qualificado. Conforme estatística do Centro de Formação Paulo César Dias de Souza, 65% dos atuais alunos têm curso superior completo. Com o mercado mais competitivo e profissionalizado, a base qualificada é fundamental para o sucesso profissional.

 

A corretagem imobiliária abrange muitas áreas (direito, matemática, marketing, português, ética, etc) e possui especialidades que são adquiridas somente através do estudo. Segundo o Corretor Samuel de Jesus Fonseca (Creci 29.796), ex-aluno do Curso Técnico em Transações Imobiliárias do Centro de Formação Paulo César Dias de Souza, nada vale a vontade de vencer se você não possui o conhecimento para atuar na profissão, “este conhecimento só adquiri mediante o Curso de TTI”.

 

Até 2012 Samuel trabalhava com consórcio em uma empresa automobilística, através dessa conquistou muita coisa e morou na Europa. Depois do convite de um ex-colega de trabalho e com o desejo de mudar de área, em 2013, começou a trabalhar em uma imobiliária em Belo Horizonte.

 

Samuel conta que no primeiro ano de trabalho não obteve sucesso, “fiz muitas captações, que devem somar mais de R$ 20 milhões, porém recebi apenas R$ 150,00, referente a um brinde de aluguel. Frustrado, porém ainda com esperança, no final de 2013 comecei a fazer o Curso TTI, foi quando recebi toda orientação e base para me tornar um Corretor de Imóveis, tudo o que aprendi foi graças aos professores do Centro de Formação. Com o curso concluído, devidamente qualificado e com o Registro no Creci, comecei a trabalhar por conta própria, foi quando consegui fazer minhas primeiras vendas. Hoje me arrependo de ter começado a trabalhar de maneira irregular, pois isto me causou um ano e meio de prejuízo, com gasolina, alimentação, etc”.

 

Samuel completa: “hoje sou sindicalizado ao Sindimóveis/MG, utilizo o setor jurídico para esclarecimento de dúvidas e começarei a fazer os cursos de qualificação e especialização da Unimóveis/MG. Sigo as diretrizes que aprendi no Curso e vejo claramente a diferença que faz em todo o meu processo de trabalho, tenho mais capacidade para atender bem o cliente, responder todas as dúvidas e isso resulta em bons fechamentos de negócios”. 

 

Newsletter