Notícias

15/05/2019 Como analisar a qualidade de um loteamento

Como analisar a qualidade de um loteamento


A implantação de loteamentos acontece com frequência em cidades ao redor das grandes metrópoles e em cidades mais afastadas. Além da carência de espaço na área urbana, a procura por segurança e melhoria da qualidade de vida tem impulsionado e valorizado os loteamentos, tornando este um ótimo negócio para o corretor de imóveis.

O corretor de imóveis pode tanto trabalhar na venda dos lotes, como ser o responsável pela implantação. Para ambas situações, o profissional deve entender todas as particularidades do negócio, que, apesar de lucrativo, requer muita atenção e trabalho.

Para o corretor de imóveis que deseja vender áreas de loteamentos já implantados, é fundamental entender se elas estão aptas para a venda e se terá clientes interessados em adquiri-las. Antes de entrar em um negócio, faça uma série de avaliações e estudos para saber se o investimento do seu trabalho vale a pena, e se terá seu retorno garantido.

Em primeiro lugar, procure saber sobre a empresa responsável pela implantação. Procure na Prefeitura do Município se o loteamento está devidamente aprovado, se está localizado em área de manancial ou área de proteção ambiental e se não há restrição quanto a construção.

Em seguida, verifique no Cartório de Registro de Imóveis se o loteamento está registrado de acordo com a aprovação da Prefeitura, confira a certidão de propriedade e negativa de ônus e alienação (para confirmar se o proprietário que consta no Cartório é o mesmo que está vendendo o lote e se o lote está regular) e a matrícula individual do lote (que garante que não é fruto de uma ocupação). É interessante manter cópia desses documentos, a fim de apresentar aos clientes.

Confirmada a regularidade, faça uma análise do crescimento urbano e comercial da região, para fazer um diagnóstico do potencial econômico do local e do estilo de vida que o local irá oferecer aos moradores. Caso não enxergue vantagens, saiba que o seu cliente dificilmente enxergará. Ele sabe que investir em um loteamento é um bom negócio, pois requer baixo custo, porém precisa ver uma oportunidade de valorização.

Verifique também se o loteamento possui infraestrutura básica: equipamentos urbanos de escoamento das águas pluviais, iluminação pública, redes de esgoto sanitário, abastecimento de água potável, energia elétrica pública e domiciliar e as vias de circulação pavimentadas ou não. E, por último, confira o tamanho do lote, a lei determina que cada um tenha área mínima de 125 metros quadrados e frente mínima de cinco metros.

Newsletter